Ligar para Sumus Clique para ligar 11 2847-1811 | 11 2364-2281
Facebook Sumus Google Plus Sumus Linkedin Sumus

5 Passos para Começar a Economizar em 2017

Conheça algumas soluções simples que você pode adotar para começar a economizar em 2017.

Como começar a economizar em 2017

Quando um novo ano se inicia, todos fazem planos e traçam metas para tentar atingir seus objetivos. Ganhar mais, é claro, está sempre entre eles, mas o que poucos se dão conta é que muitas vezes a saída para que isso aconteça é gastar menos. E observar a sua planilha de gastos com cautela é o melhor que você pode fazer para entender quais são os seus custos e onde podem haver cortes, assim você pode começar a economizar em 2017.

Se você está planejando ir a fundo e investigar as suas despesas, a hora é agora para traçar metas e estabelecer um plano que permita você operar de maneira saudável gastando menos. Listamos aqui alguns passos que você pode seguir para que as finanças da sua empresa terminem 2017 como um dos itens do quais você se orgulha e não como mais uma dor de cabeça.

1 – Faça um levantamento completo das suas finanças da sua empresa

Finanças e contas da empresa

O primeiro passo para economizar em 2017 é entender exatamente para onde o dinheiro da sua empresa. Essa dica pode parecer óbvia, mas são poucas as companhias que se dão ao trabalho de fazer uma investigação minuciosa com relação a cada um dos pagamentos que faz. Esse levantamento deve indicar não apenas a quantia gasta, mas também qual é o retorno que ela traz para a empresa em termos de faturamento.

No caso de alguns valores, vale a pena pedir novos orçamentos, sem compromisso, de forma a descobrir se é possível reduzir valores gastos contratando outros fornecedores. Depois de um certo tempo mantendo o mesmo fornecedor, é natural que a briga pelo preço fique um pouco mais frouxa e, por conta disso, você pode estar pagando mais sem saber.

2 – Identifique despesas ocultas e mude o quanto antes

Você sabia que a sua empresa tem muitos gastos ocultos sobre os quais você não faz a menor ideia? Um deles, por exemplo, pode ser relacionado aos seus serviços de telefonia. Isso acontece porque, sem controle, seus colaboradores podem estar utilizando o telefone de maneira indevida para ligações pessoais, o que acaba pesando na conta no final do mês.

Esse problema pode ser resolvido com uma Central Telefônica, um ambiente que permite o registro de todas as ligações feitas em um determinado período, com direito a possibilidade de emitir relatórios em tempo real. Por fim, vale ainda contratar uma empresa especializada para checar se as tarifas que você paga são mesmo as mais justas. É muito comum que empresas gastem mais com pacotes de dados sem que utilizem nem metade disso.

3 – Direcione melhor os esforços de marketing

Comunicar aos seus clientes quais são as novidades do seu negócio é parte fundamental de uma estratégia de crescimento e que pode resultar em mais vendas. Porém, fazer alguma coisa apenas por fazer não é nem de longe a melhor das ideias. Antes de investir seu dinheiro, é preciso ter noção de como o retorno do investimento será mensurado e é aí que muitas empresas falham.

Muitos gestores optam por escolher as opções mais baratas de investimento em propaganda ou por seguir aquelas que propõe algum tipo de parceria de forma prioritária. Contudo, esse é um barato que pode sair caro se você não souber ao certo qual é o real potencial de retorno que a mídia em questão é capaz de trazer. Investigue a fundo esses detalhes antes de fechar negócio com o primeiro que aparecer na sua frente.

4 – Use e abuse de ferramentas digitais

Ferramentas digitais para sua empresa

O mundo está se tornando cada vez mais digital e, além de isso ser uma tendência, é também algo que pode ser considerado muito benéfico para o seu bolso. Existem uma série de softwares gratuitos que podem suprir as necessidades da sua companhia e, por isso, vale a pena investigar se o dinheiro que você está gastando com licenças é mesmo necessário.

Além disso, procure imprimir menos material, optando por manter a sua correspondência digital na maior parte do tempo. Obviamente, alguns contratos vão continuar tendo que existir de forma impressa, mas se os seus colaboradores se habituarem a imprimir apenas aquilo que é estritamente necessário, certamente os gastos com material de escritório poderão ser reduzidos de forma considerável.

5 – Aprenda a diferença entre benefícios e regalias

Alguns benefícios concedidos pelas empresas para o trabalhador podem transformar completamente o ambiente de trabalho. Oferecer lanche ou bebidas, por exemplo, é um dos itens que podem fazer com que os seus colaboradores se sintam motivados e agradeçam por poder trabalhar em um ambiente tão respeitoso quanto aquele que você proporciona.

Entretanto, é importante analisar exatamente qual é o impacto que essa medida tem no dia a dia das pessoas, de forma que o benefício não seja encarado como uma regalia. Analise se por acaso não há comida sobrando todos os dias ou se por acaso os produtos comprados estão sendo consumidos dentro do prazo de validade. Os excessos devem ser cortados de forma a tornar o usufruto o mais otimizado possível.

Só depende de você

Como você pode perceber, na gestão de um negócio cada detalhe observado pode significar um real de economia no final do dia. É melhor delegar essa função para um gestor que possa acompanhar o dia a dia dos processos, indo além dos números e da análise de dados nas planilhas. Só assim você poderá iniciar 2017 de uma maneira eficiente, enxugando a sua folha de despesas sem precisar, necessariamente, dispensar pessoas, como invariavelmente ocorre me muitas companhias.

assinatura


Qual sua opinião sobre o assunto?

Download Sistema Sumus Trial

Preencha o Formulário abaixo e Descubra o quanto sua Empresa pode reduzir custos

Nome (obrigatório)

E-mail (obrigatório)

Telefone (obrigatório)

Qual é o produto de seu interesse?

Descreva como podemos ajudá-los

Saiba como economizar com celulares na sua Empresa