Ligar para Sumus Clique para ligar 11 2847-1811 | 11 2364-2281
Facebook Sumus Google Plus Sumus Linkedin Sumus

5 dicas para você aprender como empreender com pouco dinheiro

Saiba como começar o seu negócio ou buscar ideias inovadoras mesmo sem ter muito capital de giro

O Brasil está entre os países onde mais cresce o número de empreendedores. Motivos não faltam.

Além da tradicional criatividade do brasileiro, as crises econômicas e a instabilidade da economia acabam forçando que muitas pessoas busquem uma melhor rentabilidade apostando em negócios que são geridos por conta própria.

Entretanto, se empreender não é uma tarefa simples, empreender com pouco dinheiro é ainda mais complicado. A falta de capital faz com que as suas chances de errar sejam reduzidas, de forma que cada passo precisa ser planejado e pensado com muita atenção.

Caso contrário, você pode colocar todas as suas economias a perder. Será que é possível empreender com pouco dinheiro e se sair bem?

Organização é primordial

empreender no brasil

Embora esse não seja o cenário ideal, sim, é possível empreender com pouco dinheiro e se sair bem no final das contas.

Entretanto, isso significa que você vai precisar colocar a mão na massa e seguir à risca itens de organização e planejamento, de forma a minimizar os seus custos e garantir que tudo aquilo que você tem em mente será executado da forma mais eficiente possível.

Assim, o primeiro passo que você precisa dar é o da organização. Coloque todas as suas ideias no papel e verifique os prós e contras de cada alternativa. Pesquise os concorrentes, compare preços com os fornecedores, levante os custos de mão de obra e transporte e compare o preço final dos seus produtos com o preço que é praticado no mercado.

Se ainda assim as perspectivas forem boas, então dá para partir para o plano de negócios.

Plano de negócios: o coração da empresa

plano de negócios

O plano de negócios é um item que muitas vezes é deixado de lado pelos empreendedores. Porém, se você está começando agora e não possui muito dinheiro, então ao menos é preciso se munir com todas as armas “gratuitas” que você puder encontrar pela frente.

Órgãos como o SEBRAE, por exemplo, auxiliam por meio de consultores a montagem de um plano de negócios.

Ele nada mais é do que um documento em que você vai descrever as ações que fará para alcançar uma determinada meta, seja ela em custo, médio ou longo prazo.

Além disso, nele você vai apontar seus diferenciais perante os concorrentes, as formas como vai divulgar o seu serviço e de onde virão os recursos para custear todo o seu trabalho.

Um plano de negócios é fundamental, por exemplo, na hora de pedir um empréstimo bancário para financiar um projeto.

Uma boa gestão de custos

Planejamento Financeiro empresarial

Você sabe exatamente para onde vai o dinheiro que sua empresa gasta todos os meses? Se a resposta para algum item das suas contas é não, então você precisa tomar as rédeas do seu investimento.

Isso vale para qualquer cenário, mas se você está pensando em empreender com pouco dinheiro então essa tarefa é uma obrigação, pois sua companhia depende de cada centavo.

A dica aqui é recorrer a empresas especializadas ou softwares de gestão financeira que permitam que você automatize pagamentos e crie descritivos, com um panorama geral de tudo o que é gasto pela companhia. Um grande exemplo e que muitas vezes passa batido é o custo de produção.

Produzir mais itens não necessariamente significa ganhar mais dinheiro. É preciso encontrar não apenas o ponto de equilíbrio, mas o cenário em que a quantidade produzida gere a maior margem de lucro em relação aos custos.

Fique de olho nos planos e pacotes contratados

Outro item que pode significar uma bela economia, caso você preste atenção aos detalhes, é a sua conta telefônica. É comum que muitas empresas contratem planos que oferecem mais do que elas precisam e, por conta disso, pagam a mais valores que poderiam muito bem ser economizados.

Some a isso o fato de que muitas vezes as tarifas cobradas estão erradas e você tem aí um gasto que varia de 20 a 40% do valor da conta indo embora a troco de nada.

Para minimizar esse tipo de problema, adote uma central telefônica. Esse modelo permite que todas as ligações sejam registradas, indicando de quem ou de setor ela partiu e a duração.

Dessa forma, fica mais fácil fazer o rateio dos custos. Posteriormente, você pode ainda procurar sua operadora de telefonia para renegociar os pacotes e encontrar um que seja mais adequado às suas necessidades – e ao seu bolso.

Custos de oportunidades: a escolha certa

Empreender com pouco dinheiro

Empreender não é uma tarefa fácil e fazer escolhas também pode significar, muitas vezes, mudar os rumos do negócio. É importante que você tenha em mente que o seu trabalho é feito sempre visando atender as necessidades dos consumidores.

Portanto, remar contra a maré pode significar que apenas você vai voltar junto com as ondas para a beira da praia, levando de arrasto a sua equipe junto.

Em economia, existe um termo chamado custo de oportunidade. Ele diz respeito ao fato de que sempre temos que fazer escolhas, uma vez que para apostar na venda de um item é preciso abrir da venda de outro. Com pouco dinheiro, as escolhas se tornam ainda mais importantes.

Portanto, fique de olho no desempenho de cada atividade de sua empresa e, vendo sinais de que não há evolução ou existem alternativas melhores, não pense duas vezes e faça mudanças.

O mais importante aqui é se desapegar da ideia de fazer apenas as coisas que você gosta, mas sim focar naquelas que prioritariamente trazem resultado obviamente, sempre mantendo a qualidade do seu trabalho.

assinatura


Qual sua opinião sobre o assunto?

Download Sistema Sumus Trial

Preencha o Formulário abaixo e Descubra o quanto sua Empresa pode reduzir custos

Nome (obrigatório)

E-mail (obrigatório)

Telefone (obrigatório)

Qual é o produto de seu interesse?

Descreva como podemos ajudá-los

Saiba como economizar com celulares na sua Empresa