Ligar para Sumus Clique para ligar 11 2847-1811 | 11 2364-2281
Facebook Sumus Google Plus Sumus Linkedin Sumus

Mantenha o controle de gastos, principalmente em época de crise

Atitudes simples podem fazer com que ao final do mês você garanta uma economia significativa para a sua companhia, sem precisar mexer na infraestrutura da empresa. 

O ano de 2016 definitivamente não foi dos melhores para a economia brasileira. Crise política e crise econômica impactaram de forma significativa no consumo dos brasileiros e, consequentemente, as empresas venderam menos e tiveram um ano bem mais complicado.

A expectativa é que tudo volte a melhorar em 2017, mas enquanto o novo ano não chega é preciso se virar para economizar onde for possível.

controle-gastos-sumus

Manter o controle de gastos é essencial em tempos de crise

Felizmente, sempre é possível tirar alguns reais do orçamento. E o melhor de tudo é que é possível fazer isso sem precisar mexer completamente na infraestrutura da empresa.

Aliás, medidas mais simples podem representar uma economia mais significativa do que você imagina. Listamos aqui 5 dicas que você deve adotar para diminuir manter o controle de gastos da sua companhia. Os resultados podem ser percebidos de forma imediata.

Adote políticas de banco de horas

De acordo com a legislação, as horas extras de um colaborador podem ser transformadas em banco de horas. Entretanto, isso não significa que você não precise pagar por elas.

Ao final de um período de 12 meses, por exemplo, toda e qualquer hora extra que esteja disponível no banco de horas deve obrigatoriamente ser paga aos funcionários.

Porém, enquanto esse dia não chega, você pode estimular seus colaboradores que estejam com horas no banco a utilizarem-nas de forma saudável. Um dia de folga, uma emenda de feriado ou ainda uns dias a mais no final das férias são opções que você pode oferecer para os seus funcionários.

Essa flexibilidade na hora de fazer com que eles possam gozar suas horas adicionais pode trazer benefícios para o ambiente de trabalho, já que os funcionários podem se planejar para ter dias específicos para resolver seus problemas pessoais ou mesmo aproveitar para esticar o descanso de um fim de semana.

Terceirize algumas atividades

Se você possui funcionários que desempenham atividades que não são as finalidades principais da empresa, você pode estudar terceirizar esses colaboradores e garantir uma certa economia.

É importante salientar que essa regra não se aplica para todos. Porém, consultores, especialistas em seleção e recrutamento e profissionais de limpeza, por exemplo, estão entre as peças mais comuns de serem passíveis de terceirização.

Antes de tomar essa decisão, calcule todos os custos envolvidos, inclusive com demissões. Nesse caso, o controle financeiro é essencial. Em alguns casos, é mais barato manter as coisas como estão do que apostar em uma nova iniciativa que pode não dar frutos.

Contudo, não deixe de incluir essa possibilidade na hora de avaliar os custos da sua companhia. Muitas vezes, são em decisões como essas que você pode economizar valores mais significativos.

Torne a sua empresa digital

Você certamente não faz ideia de quanto gasta todos os meses com fotocópias e impressões. Muitas vezes, são documentos simples, que precisam apenas de uma simples conferência, mas que acabam sendo impressos da mesma forma para fins de arquivo – ou vão parar logo, logo na lata do lixo.

Além do custo do papel, há também os gastos com tonners e cartuchos de tinta.

Por isso, você precisa envolver os seus colaboradores e estimular que eles tenham uma cultura de arquivos digitais. É muito mais barato ter um servidor ou uma central na nuvem com todos os documentos armazenados do que ter que imprimi-los sempre.

Tenha isso mente: arquivos digitais são mais baratos e também fazem bem ao meio ambiente. São raras as exceções em que é fundamental ter algo no papel para que ela precise circular dentro da empresa ou mesmo diretamente em um cliente.

Telefonia e internet

Toda e qualquer empresa hoje em dia precisa de serviços de telefonia e internet para operar. Entretanto, são poucas as companhias que se dão ao trabalho de pesquisar se as soluções atuais que elas utilizam são mesmo as mais em conta.

E é justamente essa falta de análise que pode levar você a gastar mais do que precisa apenas para manter certos “benefícios” que no final das contas só servem para deixar tudo mais caro.

A Sumus pode traçar um plano para você gastar menos com isso. Sistemas de tarifação telefônica, gestão de tarifação telefônica na nuvem, soluções para gestão da mobilidade corporativa e até mesmo negociação com operadoras são algumas das tarefas que empresas especializadas podem prestar para você visando que você garanta uma maior economia.

Invista em ações de marketing de baixo custo – e que tragam resultados

Diz o ditado que o barato muitas vezes sai caro. E isso é verdade também em certas ações de marketing que as empresas adotam.

Muitas vezes, as companhias decidem fazer uma campanha promocional, por exemplo, porque ela é “de graça” ou, ainda, porque pode ser paga por intermédio de uma permuta. Contudo, nem sempre os resultados obtidos são satisfatórios.

Embora não exista dinheiro envolvido, há o tempo dos funcionários e muitas vezes ele é mais valioso do que os resultados que você possa vir a ter. Portanto, antes de decidir fazer alguma coisa apenas pelo preço, mensure o retorno para ver se a ação vale mesmo a pena.

Além disso, sempre que possível fuja das soluções prontas e mais caras e use a criatividade para divulgar a sua marca. Em diversas ocasiões, uma campanha feita apenas nas redes sociais pode render muito mais frutos que um anúncio em programa de TV ou outdoors – e com um preço consideravelmente menor.

assinatura


Qual sua opinião sobre o assunto?

Download Sistema Sumus Trial

Preencha o Formulário abaixo e Descubra o quanto sua Empresa pode reduzir custos

Nome (obrigatório)

E-mail (obrigatório)

Telefone (obrigatório)

Qual é o produto de seu interesse?

Descreva como podemos ajudá-los

Saiba como economizar com celulares na sua Empresa