Ligar para Sumus Clique para ligar 11 2847-1811 | 11 2364-2281
Facebook Sumus Google Plus Sumus Linkedin Sumus

Demitir um Funcionário: Saiba Como Não Cometer Erros Nesse Momento!

A demissão de um profissional é um momento um tanto quanto complicado, e é importante saber o que fazer nessa hora para não cometer nenhum tipo de erro

Uma das maiores dificuldades ao gerir uma empresa pela primeira vez é o momento de mandar um funcionário embora. Essa costuma ser uma ocasião em que os diretores da empresa podem ficar com um nó na garganta, o que pode prejudicar o andamento do processo.

Porém, muito se engana quem pensa que isso só acontece no início da gestão empresarial: por mais que o tempo passe, esse nunca será um momento totalmente tranquilo, já que envolve uma série de fatores, até mesmo emocionais.

De qualquer forma, é muito difícil que uma empresa nunca precise demitir um funcionário, e é essencial se preparar ao máximo para esse momento, de modo a não cometer nenhum erro que seja irreversível.

Se você deseja saber o que deve fazer para não se arrepender depois e tomar uma decisão baseada em fatos e que realmente será o melhor para a sua empresa, confira as melhores dicas e seja capaz de passar por essa situação com mais tranquilidade.

Melhores Dicas Para o Momento de Demitir um Funcionário

Ao levar tudo isso em consideração, você estará muito mais preparado mental e emocionalmente para prosseguir com a demissão de um funcionário, sem que isso abale negativamente a sua empresa.

Avalie a Real Necessidade da Demissão

Não importa se for o diretor de uma multinacional ou o dono de uma startup, todos são pessoas. Independente de quais sejam os seus cargos, por trás do profissional, sempre existe um ser humano, com emoções, medos e sentimentos.

Pode ser que alguma discussão ou desentendimento faça com que o gestor ou diretor sinta o desejo imediato de demitir um funcionário, já que ele conta com autonomia para tal. Porém, é preciso avaliar muito bem a situação antes de tomar a decisão.

Veja como demitir um funcionário, não é tarefa fácil

Pode ser que essa discussão tenha sido causada por algum motivo não tão relevante, e discussões acontecem, já que o relacionamento interpessoal nunca será uma equação perfeita. Pessoas diferentes, quando estão em contato, estão sujeitas a discussões o tempo todo.

Então, se esse for o caso, esfrie a cabeça, dê uma volta, fique tranquilo e, então, pense novamente. Ser levado pela emoção pode trazer danos irreversíveis ao seu negócio.

Sempre Tenha um Plano B (e um Plano C)

Em grande parte das vezes, depois de demitir um funcionário, será necessário contratar outro, já que a função daquele profissional ainda precisará ser cumprida.

Existem alguns casos em que os profissionais atuais são remanejados de setor ou que as atribuições do antigo funcionário sejam divididas entre a equipe. Porém, fora isso, é de praxe ter que contratar uma nova pessoa para substituir o funcionário demitido.

Logo, antes de tomar a decisão da demissão, é uma boa pedida ficar de olho no mercado e já começar a procurar por pessoas que sejam capazes de desempenhar a função da pessoa que saiu. Assim, é possível se resguardar e contar com um plano de reserva.

Mesmo com essa precaução, é importante que os diretores tenham, pelo menos, duas opções de profissionais que podem desempenhar as funções daquele que será demitido. Assim, os clientes da empresa não ficarão na mão, e seus serviços não serão interrompidos.

Depois de já ter planejado isso, então prossiga com a demissão do funcionário. Assim, a produtividade da sua empresa será afetada o mínimo possível.

Considere a Questão Financeira

Se depois de todas as análises necessárias você realmente tiver definido que vai demitir um funcionário, então é preciso pensar na parte financeira. Afinal, a demissão de um profissional traz custos à empresa.

Essa decisão acarretará no pagamento da rescisão do profissional, que será mais alta no caso de profissionais com mais tempo de casa. Esses cálculos devem ser feitos e refeitos, pois qualquer problema com o pagamento pode trazer sérios problemas.

Caso o funcionário demitido não receba aquilo que lhe é devido, ele pode até mesmo ingressar com uma ação judicial contra a empresa, que dificilmente terá como se defender, já que isso não é correto perante a lei.

Portanto, antes de demitir um funcionário, coloque na balança os custos que isso trará. Talvez, pode ser melhor esperar um pouco mais, para não enfrentar nenhum tipo de problema.

As questões financeiras são muito importantes quando é preciso demitir um funcionário

Encare a Situação Com Naturalidade

Um dos maiores erros em uma pequena empresa, mas que também podem ser cometidos em corporações maiores, é o fato de não ter condições de demitir um funcionário devido à parte emocional. Porém, por mais duro que possa parecer, você deve se acostumar com isso.

É claro que isso não quer dizer que sua empresa deve demitir a torto e a direito, mas provavelmente você se deparará com essa situação por diversas vezes na sua vida.

Quase todo mundo já passou pela situação de ser demitido. Isso é normal no mundo dos negócios, e pode acabar sendo positivo para ambas as partes: tanto para a empresa, que poderá renovar sua equipe, quanto para o funcionário, que será capaz de alçar novos vôos.

Quando você é o dono do próprio negócio, precisa tomar decisões importantes, e demitir um funcionário é, sem dúvidas, uma delas. Mas, tente deixar a emoção de lado e aja mais com a razão.

Lembre-se: ao demitir um profissional, você deve também agir como um profissional, já que essa decisão é pautada em fatos e será positiva para a empresa. Se essa se mostrou a melhor decisão para o negócio, então siga em frente.

Aja da Melhor Maneira Possível na Hora da Demissão

Como foi citado anteriormente, esse é um momento que quase sempre trará uma carga emocional elevada. Porém, isso faz parte do mundo corporativo e também pode ser importante para organizar o fluxo de caixa da sua empresa.

Também é importante ressaltar: não se sinta culpado se tiver que despedir um funcionário. Esse é um processo pelo qual a grande maioria das empresas passa, ou seja, não é o fim do mundo.

Com essas dicas, você terá melhores condições de demitir um funcionário sem cometer erros e ter do que se arrepender depois. Seja cuidadoso, pense bem e, se for a decisão mais acertada, siga em frente, pois sua empresa será beneficiada por isso.

assinatura


Qual sua opinião sobre o assunto?

Download Sistema Sumus Trial

Preencha o Formulário abaixo e Descubra o quanto sua Empresa pode reduzir custos

Nome (obrigatório)

E-mail (obrigatório)

Telefone (obrigatório)

Qual é o produto de seu interesse?

Descreva como podemos ajudá-los

Saiba como economizar com celulares na sua Empresa