Empresário analisando dados e gráficos

Erros comuns na gestão financeira que impedem o crescimento do seu negócio

Conheça os erros que podem prejudicar o desenvolvimento da sua empresa!

A gestão financeira empresarial é repleta de desafios, seja para um empreendedor que está no início de sua carreira ou para aqueles que já estejam nela há décadas, e é normal cometer alguns erros na trajetória.

Porém, ainda que essa seja uma situação corriqueira, é preciso tomar cuidado com tais erros, já que eles podem colocar em risco o crescimento da empresa e, a médio e longo prazo, acarretar até mesmo em situações mais sérias, como o encerramento de suas atividades.

Veja quais são os principais e o que fazer para evitá-los, de modo a lidar da melhor maneira possível com as adversidades, aumentar sua bagagem de experiência e manter o sucesso da companhia!

Principais erros de gestão financeira empresarial e como evitá-los

Ao ter esse conhecimento, você poderá evitar uma série de problemas e, além disso, saberá como proceder caso aconteçam para manter a saúde financeira em dia!

Ausência de reservas financeiras

Um dos maiores erros de gestão financeira empresarial é não ter uma reserva para emergências, já que nunca se sabe quando ela será necessária e os prejuízos podem ser bem sérios caso não exista.

As potenciais necessidades são várias. É possível que a empresa tenha que comprar uma maior quantidade de matéria-prima para pedidos de última hora, consertar algum equipamento ou veículo indispensável para seu desempenho ou até mesmo cobrir o prejuízo de um assalto caso não haja seguro.

Como resolver: A cada mês, separe uma parte dos lucros e monte uma reserva no banco. Assim, quando houver alguma urgência, o prejuízo será bem menor.

Desorganização dos recebíveis

Uma das situações mais complicadas para se lidar na gestão financeira é saber o que fazer quando um cliente não paga. Isso atrapalha os recebimentos e faz com que a companhia tenha que arcar com os prejuízos, o que é ainda pior quando a situação acontece diversas vezes.

A médio e longo prazo, a situação pode se agravar a ponto de não conseguir pagar as contas, já que boa parte do faturamento planejado não foi recebido por falta de pagamento dos clientes.

Como resolver: Deixe claro para os clientes que a empresa tem uma política de pagamento e que cobrará eventuais valores que não sejam pagos, até mesmo na forma de processos judiciais, se preciso for.

Além disso, também vale a pena investir em um sistema informatizado para organizar os pagamentos e saber exatamente quem pagou e quem ainda não. Assim, é possível proceder com as cobranças e não esquecer de nenhuma delas, além de corrigir a situação mais rapidamente.

Saiba mais: Por que você precisa ter um programa de gestão financeira?

Não ter um seguro empresarial

O assunto nem sempre é pauta da gestão financeira nas empresas, mas é fundamental sob o viés preventivo, já que todo empreendimento está sujeito a passar por problemas que podem ser cobertos por uma boa apólice, o que pode reduzir as chances de precisar recorrer ao fundo emergencial visto anteriormente.

Incêndios, desastres naturais, assaltos, roubos e até mesmo danos em máquinas e equipamentos podem ser cobertos, de acordo com o tipo de seguro contratado, em um investimento que apresenta um excelente custo-benefício.

Como resolver: Se possível, contrate um seguro no momento em que a empresa for aberta. Caso a etapa já tenha passado, prossiga com a contratação o quanto antes para estar protegido contra uma série de prejuízos.

Em relação à cobertura, converse com o corretor e analise o que é mais importante para as necessidades da companhia sem abrir mão do custo-benefício.

Funcionarios trabalhando em mesa compartilhada de escritório

Gastar mais do que se pode no início

A situação dos sonhos para qualquer empreendedor é que o negócio comece a prosperar rapidamente e que ele consiga receber de volta o dinheiro que investiu. Porém, isso nem sempre acontece.

Até mesmo quando o empreendimento apresenta grande sucesso, a gestão financeira deve levar em conta que os resultados podem piorar entre os meses, o que é natural de acordo com as movimentações do mercado.

Gastar uma grande quantia no início do negócio também é bastante arriscado, já que não é possível saber ao certo quando será possível obter seu retorno. Os prazos para obter esse retorno variam de acordo com cada empresa.

Como resolver: Além de fazer uma gestão financeira com criatividade, onde se procura alternativas econômicas para conseguir obter o que é preciso, tome muito cuidado com as despesas no início do empreendimento.

Na medida do possível, faça apenas os investimentos necessários e mais para frente, quando a saúde financeira do negócio estiver consolidada, então é possível fazer investimentos maiores e com menor risco.

Deixar de gerenciar o setor de telecom

Praticamente todas as empresas possuem linhas de telefonia fixa ou móvel, já que elas são indispensáveis para o contato com clientes, fornecedores e parceiros. Porém, um ponto que costuma passar despercebido é a organização do setor de telecom.

Muitas vezes, os planos contratados já não são suficientes ou possuem mais recursos que o necessário, as faturas contam com cobranças indevidas que passam despercebidas ou o uso das linhas corporativas é feita de maneira incorreta por parte dos colaboradores.

Como resolver: invista em um serviço profissional de gestão de telecom para que o setor esteja perfeitamente organizado, com seu uso acompanhado por um tarifador telefônico e com faturas cobradas corretamente.

O investimento feito traz um retorno considerável, não apenas do momento da contratação em diante como também de cobranças que já foram liquidadas, já que a análise retroativa de faturas permite obter reembolso ou abatimento dos valores cobrados indevidamente nos últimos 36 meses.

Tenha uma gestão financeira empresarial bem-sucedida!

É relativamente comum passar por esse tipo de situação, principalmente quando se trata do primeiro empreendimento, mas ao saber quais são os principais riscos e como evitá-los, as chances de se deparar com problemas sérios diminuem consideravelmente.

Ao seguir a cada uma das sugestões, será possível permitir que a saúde financeira da empresa se mantenha positiva e, assim, ela consiga toda a força de que precisa para crescer em um mercado cada vez mais competitivo em todas as áreas.

Da contratação de um seguro à organização dos recebíveis e à contratação dos serviços de gestão de telecom, aplique cada dica e veja como a gestão financeira empresarial melhorará muito com tais iniciativas!

assinatura

Queremos ajudar sua empresa também! Solicite, sem compromisso, seu orçamento.


Qual sua opinião sobre o assunto?