Como sobreviver no mercado no primeiro ano de empresa?

Saiba o que você pode fazer para superar esse momento crítico!

Quem já empreendeu ou está passando agora por essa experiência já deve ter percebido que o primeiro ano de empresa pode trazer algumas complicações. São muitos desafios e novidades que não saem da nossa mente.

Se você estiver exatamente nesta situação, saiba que não precisa passar por ela sozinho e ainda mais, que é possível superar essa fase e ter tudo o que precisa para ser bem-sucedido em seu novo empreendimento.

Confira porque esse momento traz complicações tão específicas e as dicas que preparamos para saber como lidar melhor com cada situação. Assim, você poderá desenvolver ainda mais sua habilidade de empreendedorismo!

primeiro ano de empresa

O primeiro ano de empresa é mais complicado?

Sim. Esse não é apenas um ditado popular, mas sim uma constatação: de acordo com a Demografia das Empresas 2015, edição mais recente do estudo até então, que traça um panorama sobre as empresas brasileiras, 22,8% não sobrevivem ao primeiro ano de atuação.

Ao aliar esse número com outros dados, a situação fica ainda mais em destaque. De acordo com a BoaVista SCPC, o número de empresas abertas no Brasil em 2017 foi 13,6% maior do que em 2016, quando o total foi de 1.976.534 novos negócios.

Isso quer dizer que foram mais de 2,245 milhões de empresas inauguradas em 2017, das quais mais de 511 mil devem interromper suas operações menos de 1 ano após sua abertura.

Os desafios no primeiro ano de empresa são diferentes dos que são vistos posteriormente, o que deve ser considerado pelos novos empreendedores para evitar que eles tenham certos problemas no futuro.

De acordo com dados do Sebrae-SP (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas de São Paulo), 61% dos empresários perdem dinheiro nos primeiros 12 meses da empresa, ou seja, a cada 5, apenas 2 conseguem lucrar.

Os dados podem não ser tão positivos, mas você ainda pode estar nos 77,2% de empresas que sobrevivem ao primeiro ano e nos 39% de empresários que lucram nos 12 primeiros meses, desde que siga as dicas certas!

Melhores dicas para superar o primeiro ano da empresa

As dificuldades ao gerir uma empresa pela primeira vez existem, ainda mais quando se trata de seu primeiro ano de existência, mas é possível sair como vencedor dessa batalha que se passa no mundo dos negócios.

Um levantamento feito pelo Sebrae, chamado de “Fatores condicionantes e taxa de mortalidade de empresas no Brasil”, trouxe os principais motivos que levaram as empresas a falir, de acordo com as pessoas que foram entrevistadas.

Falta de capital de giro, baixo lucro e alta incidência de impostos estiveram entre os motivos mais citados. Certamente, todos eles podem ser utilizados para pensar em como sobreviver no primeiro ano da empresa.

Algumas dicas que podem ser obtidas dessas informações são as seguintes:

Estude sobre gestão de empresas

Uma pesquisa da Fundação Nacional da Qualidade (FNQ), feita no ano de 2013 com executivos brasileiros, mostrou que 99,53% deles acreditam que investimentos para a melhoria da gestão mantêm a empresa mais competitiva.

Esse é um ótimo indicativo, mas a pesquisa não para por aí. Entre os entrevistados, 21% declararam que a empresa não se preocupa com sua gestão, o que pode ter sérias consequências para sua subsistência.

Por isso, um dos primeiros passos para se manter vivo no primeiro ano de empresa é estudar sobre gestão de negócios. Não é obrigatório ser um especialista no assunto, mas entender as noções básicas é fundamental.

Definir estratégias para o negócio, investir no desenvolvimento dos colaboradores, estabelecer uma cultura para a empresa, recrutar bons profissionais e aprender sobre gestão financeira deve estar entre as suas prioridades.

Tenha um capital de giro

O capital de giro é representado pelos ativos que a empresa tem para pagar suas despesas, seja nos produtos em estoque, na conta de um banco ou em um pagamento que será feito pelos clientes sobre os produtos adquiridos ou serviços contratados.

Em um exemplo prático, se você vendeu um item à prazo para o seu cliente, é preciso ter em caixa o dinheiro necessário para pagar as despesas da empresa enquanto esse valor ainda não é recebido.

A falta do capital de giro é um dos maiores problemas no primeiro ano de empresa, já que é sempre necessário contar com uma reserva para cobrir as despesas. Isso pode te livrar de sérios problemas financeiros.

Conte com os serviços de um contador

Por ser uma nova empresa, que ainda precisa se estabelecer no mercado, é normal trabalhar com um orçamento mais apertado. Porém, algumas despesas são essenciais, como é o caso do contador.

É ele quem cuida das partes financeira, patrimonial e tributária da empresa e acompanha todas as suas transações. Tais atividades devem ser desempenhadas por profissionais com registro no Conselho Regional de Contabilidade (CRC).

Ainda que você esteja no primeiro ano de empresa e queira ter o menor custo possível, é importante que o contador esteja entre as suas despesas fixas devido à importância de seus serviços.

Considere os tributos e impostos para definir seus preços

Não dar a devida atenção aos tributos é um dos maiores erros de gestão empresarial, já que essa é uma despesa que não pode ser desconsiderada. Logo, antes de definir o preço cobrado em seus produtos ou serviços, é preciso saber qual é a carga tributária de cada um deles.

Caso os impostos não sejam pagos no prazo devido, eles serão acrescidos de juros, o que se configurará como uma nova despesa, ainda mais elevada que a primeira.

Por isso é tão importante contar com a ajuda de um contador para entender melhor sobre os impostos e saber como eles devem ser incluídos no valor dos produtos e serviços.

primeiro ano de empresa

Seja bem-sucedido no primeiro ano da sua empresa!

Entender sobre os termos de gestão que todos deveriam saber e se preparar tecnicamente para o momento de ser o dono da sua empresa é importante, mas os desafios ainda estarão presentes quando ela der seus primeiros passos.

É normal encontrar algumas dificuldades, mas com as dicas que separamos, elas poderão ser superadas com mais praticidade e você conseguirá gerir muito bem o seu negócio.

Aproveite o aprendizado do primeiro ano de empresa e se esforce para que tudo corra da melhor maneira possível. Afinal, esse pode ser o começo da sua trajetória para que você se transforme em um dos melhores gestores do mercado!

O que achou das nossas dicas? Deixe nos comentários e sua experiência e não deixe de conferir os serviços que a Sumus oferece, como a auditoria de contas e a gestão de telecom.

assinatura

Queremos ajudar sua empresa também! Solicite, sem compromisso, seu orçamento.


Qual sua opinião sobre o assunto?