Uma dica é a contratação de sistemas

Uma dica é a contratação de sistemas

CorpBusiness
Eduardo Mustafa
Embora, até o presente momento, o Brasil não tenha sido atingido pela crise econômica com a mesma força com que ela se desdobra nos Estados Unidos e em grandes potências europeias (enquanto estes países vivem um período de contração ou recessão da economia, aqui a previsão ainda é de crescimento, na ordem de 2%, em 2009) as empresas brasileiras já começaram a rever seus planos de investimento e a trabalhar para reduzir gastos, preparando-se para um possível agravamento deste cenário.
Neste sentido, uma das estratégias encontradas é a adoção de serviços e sistemas que melhoram a gestão das telecomunicações. No Brasil, devido ao grande número de operadoras disponível, que oferecem uma enorme variedade de pacotes e descontos, muitas empresas acabam realizando gastos que poderiam ser evitados com a adoção destes sistemas. Com estes serviços, é possível melhorar a qualidade dos investimentos em tecnologia, dimensionar melhor o que foi contratado junto às operadoras e eliminar recursos que estão sendo pagos sem ser utilizados.
Além da grande diversidade de operadoras e pacotes, o mercado de telefonia também é caracterizado pela constante mudança em suas regras e pelos diferentes impostos cobrados em cada região do País. Estas características já são suficientes para fazer com que a gestão dos gastos seja muito delicada, e em um cenário de incerteza econômica, a dificuldade é ainda maior.
Uma das soluções à disposição das empresas brasileiras para eliminar gastos desnecessários em telecomunicações são os pacotes de gerenciamento, que aliam o uso de ferramentas automatizadas com processos comerciais mais adequados. É o caso da solução Sumus TEM+ (Telecom Expenses Management), oferecida pela Sumus, empresa especializada na gestão técnica e financeira dos recursos de Telecom.
O conceito TEM já é bastante difundido no mundo, e é oferecido pela Sumus adaptado às necessidades especificas do mercado nacional. Os pacotes facilitam a gestão dos recursos de telecomunicações, porque detalham as despesas geradas por colaboradores e ramais, tanto no uso da telefonia fixa, como no uso de telefonia móvel e nos serviços de Home Office.

O que procura?

NEWSLETTER